anestesia em idosos

Saiba tudo sobre a anestesia em idosos

A anestesia provoca medo em todas as idades, mas quando se trata de anestesia em idosos esse medo é ainda maior

Quantas vezes você já escutou que anestesia é um procedimento perigoso, principalmente em idosos? Esse questionamento e receio são extremamente comuns nos consultórios médicos e hospitais. Por isso preparamos esse artigo para que você entenda mais sobre a anestesia em idosos.

A anestesia provoca medo em todas as idades, mas quando se trata de idosos esse medo é ainda maior. Isso acontece porque os idosos geralmente já possuem, naturalmente, enfermidades que exigem mais atenção durante qualquer procedimento cirúrgico.

Felizmente, os avanços na Medicina permitem um preparo mais apurado para todo e qualquer tipo de procedimento envolvendo, principalmente, os idosos.

As etapas da anestesia

A complexidade do procedimento anestésico vai depender de cada paciente e suas particularidades, por isso é tão importante que antes do procedimento o médico anestesista tenha o máximo de informações sobre o histórico médico do paciente.

É comum que o idoso fique mais ansioso do que o normal antes de uma cirurgia. Sendo assim, o papel do anestesista é tão fundamental quanto do cirurgião. Por isso, uma conversa pode ser tranquilizadora, pois serão esclarecidas várias dúvidas, inclusive sobre a anestesia.

O procedimento anestésico envolve também a avaliação profunda do médico, tanto dos exames solicitados, quanto de todo o histórico de saúde do paciente, seu estado físico, incluindo as vias aéreas, o tipo de jejum feito, alergias, hábitos, medicações, etc. Todo esse processo vai possibilitar uma classificação do estado do paciente e conduzir o processo anestésico de acordo com a sua complexidade.

Durante a cirurgia, o anestesista fica presente, checando a segurança de todo o procedimento. Sua atenção é voltada a todo momento para o estado clínico do paciente, monitorando o funcionamento de equipamentos, a disponibilidade a todos os materiais e medicamentos, verificando procedimentos em eventuais perdas sanguíneas e alteração de pressão, entre outros cuidados.

O período do pós-operatório para qualquer paciente é determinante para a recuperação, principalmente para os mais idosos. Entre os vários cuidados estão: alimentação correta, repouso, a garantia do equilíbrio dos sistemas orgânicos e a prevenção de complicações inesperadas.

Todo procedimento invasivo gera desconfortos e dores após a cirurgia, o acompanhamento do anestesista é fundamental nesse período, prescrevendo medicamentos para amenizar as dores.

O que o anestesista prescreve em cada situação

Anestesia local

É feita para bloquear reações nervosas, entre elas a dor, mantendo o paciente consciente o tempo todo.

A anestesia geral

É realizada em procedimentos mais complexos. O paciente fica “desligado” durante toda a cirurgia. No paciente idoso, os cuidados e monitoramento das suas funções são intensos e permanentes.

Sedação

Com a sedação há apenas a diminuição de consciência do paciente, sem afetar a sua habilidade de respirar e responder a estímulos, sempre sob os cuidados diretos do anestesista.

Cuidados pré-anestésicos

Os cuidados pré-anestésicos são de extrema importância, principalmente no caso dos idosos.

O jejum é uma das principais medidas de segurança no preparo pré-anestésico e é muito importante que seja respeitado o tempo mínimo orientado pelo médico.

O paciente deve estar com seu estômago vazio para evitar o vômito e então aspiração. Isso pode acontecer porque quando uma pessoa recebe anestesia os seus reflexos ficam diminuídos e ela não consegue expelir substâncias.

Como já falamos anteriormente, é muito importante que o paciente converse com o médico antes da cirurgia para contar se tem algum caso na família de problema com anestesia. O paciente também deve informar quais medicamentos toma e alimentos ou substâncias que tem alergia, já que não é possível saber se o paciente é alérgico à anestesia antes de realizá-la.

Kelp Med

A Kelp Med oferece a melhor experiência em materiais hospitalares para médicos, profissionais de saúde, hospitais, clínicas e para a rede pública de saúde, com preço competitivo e produtos exclusivos da marca Kelp Med. É possível parcelar as compras em até 6x sem juros no cartão de crédito, comprando diretamente pelo site ou WhatsApp. As entregas são feitas em todo Brasil, com frete grátis para o Rio de Janeiro nas compras acima de R$300.


Comments

Deixe um comentário